OZONOTERAPIA

A Ozonoterapia é a aplicação do ozono para fins medicinais. O Ozono é um gás composto por três átomos de Oxigénio e que se define como O3.

 

A Ozonoterapia não tem efeitos secundários descritos. Quando entra em contacto com o organismo do paciente, o Ozono transforma se em Oxigénio.

INDICAÇÕES:

Doença Osteoarticular: artrite, contractura muscular, tendinite, bursite, doença reumatológica;

Doenças Infecciosas: infecções agudas ou crónicas de etiologia viral, bacteriana ou micótica;

Doenças Degenerativas: Parkinson e Alzeimer;

Doenças Auto-Imunes: artrite reumatóide, espondilite anquilosante, esclerose múltipla;

Doenças Metabólicas: diabetes;

Oncologia: como co-adjuvante na doença oncológica ajuda igualmente a reduzir sintomas em pacientes submetidos a Quimioterapia ou Radioterapia;

Doenças Respiratórias: asma, pneumonia, DPOC;

Doenças Cutâneas: úlceras varicosas, úlceras diabéticas, feridas infectadas, psoríase, dermatite, acne, eczema;

Patologia Gastrointestinal: colite ulcerosa, doença de Crohn, síndrome de cólon irritável, hemorroidal;

Ginecologia: candidíase outras patologias fúngicas, vulvovaginites crónicas, herpes genital;

Urologia: prostatites, hiperplasia benigna da próstata, infecções urinárias, disfunção eréctil.

Tratamento administrado pela Dra. Carina Guerreiro,  Diretora da Associação Portuguesa de Ozonoterapia